Tipos de criação de codorna

A criação de codornas, ou coturnicultura, é uma das formas mais simples de lucrar com a criação de animais. A ave resiste bem as mudanças de clima, possui uma ração de baixo custo e é bem resistente a doenças passadas as primeiras 48 horas de vida. 

Existem diversas formas de criar codornas, tanto para fins comerciais como para consumo próprio. Algumas pessoas criam as aves soltas em um quintal, garantindo com telas que elas não vão fugir da residência, como criariam galinhas. É uma forma de criar codornas, mas não a mais produtiva, pois as aves podem pisar em seus próprios ovos e assim não otimizar a criação.

criação de codornas

Criar as aves soltas também traz problemas com a alimentação. As codornas não costumam ser aves muito organizadas, adoram fazer bagunça e isso torna este método bem complicado para o criador. Elas espalham bastante sua ração e não costumam comer a ração do chão. E mesmo que comam, estará misturado com seus desejos, o que pode lhe causar doenças.

criadouro de codornas

Por que montar um viveiro de codornas?

A melhor forma de montar em casa uma criação de codornas ou em espaço específico é optando por viveiros. O espaço fechado irá garantir a ave uma melhor alimentação, limpeza, produção e controle da quantidade de aves a nascer e serem vendidas.

Gaiolas para codornas para se montar um viveiro não são caras, mas precisam de alguns cuidados, Você pode usando arame e madeira criar a sua, mas respeitando as medidas de vinte centímetros de altura ao menos e trinta de largura para o espaço. O importante é ter uma ave com espaço para que cresça saudável e bem alimentada.

Criar as aves soltas tem como principal desvantagem a colocação de ovos. Sem um viveiro elas tendem a colocar os ovos em qualquer lugar, o que deixa o criador com a difícil tarefa de sair em busca dos ovos e proteger as novas crias com alimentos para que não morram de fome ou com doenças nas primeiras 48 horas.

Deixe um comentário